4 maneiras de Pagar com Pix – Veja todas as possibilidades

Todos os clientes de instituições financeiras possuem, hoje, 4 principais formas de pagar com Pix, o que demonstra a versatilidade do sistema. São elas:

Para quem já sabe o que é Pix, é bastante evidente essa variedade de opções disponíveis para formas de pagamento. Afinal de contas, o sistema do Banco Central foi pensado justamente para ser o mais abrangente possível, tanto em termos de serviços, quanto de instituições participantes (qualquer uma com mais de 50 mil clientes é obrigada a se adequar).

Toda essa versatilidade deu certo e é uma das razões para a rápida adoção do sistema pela população. Hoje, o Pix completa 2 anos de lançamento com 138 milhões de usuários que usam seus serviços das mais diversas formas.

Sendo assim, é importante que você saiba como fazer Pix e tenha cadastro em um aplicativo que permita explorar todas as suas formas e funções. Neste artigo, vamos mostrar toda a flexibilidade do sistema com o RecargaPay, que é um dos poucos apps que permite todos os usos disponíveis.

1) Utilizando o Pix no cartão de crédito

Pagar com Pix utilizando o cartão de crédito

O Pix com cartão de crédito é um serviço não-oficial do Banco Central. No entanto, é totalmente legalizado e autorizado pelo BC (que trabalha em sua própria versão). Nele, o usuário faz um envio pelo sistema normalmente. No entanto, em vez do pagamento sair do saldo na sua conta, ele sai do saldo do cartão de crédito do usuário.

Para o destinatário, nada muda: o dinheiro cai na conta em até 10 segundos, como sempre. Entretanto, para quem envia,o valor sai do cartão e pode até mesmo ser parcelado.

No entanto, é importante ter em mente que essa é uma operação de crédito. Por ser assim, há taxas cobradas pelas instituições que oferecem o serviço.

Como esse é um serviço extra ao Banco Central, cada instituição determina suas taxas. Além das taxas, cada instituição também determina seus próprios limites, condições de parcelamento e outros fatores. Por isso, é importante conhecer os melhores apps para fazer Pix com cartão de crédito para pagar a menor taxa possível.

Veja a seguir como fazer Pix com cartão de crédito usando o RecargaPay, que cobra a menor taxa do mercado nessa operação!

  1. 1. Faça download do RecargaPay

    O primeiro passo para fazer o processo é baixar o RecargaPay para o seu celular. O app é compatível com iOS e Android e é totalmente gratuito para baixar e instalar no seu smartphone.

  2. 2. Toque em “Pix com cartão”

    No menu inicial do aplicativo, toque no botão “Pix com cartão”, localizado logo à primeira vista.

  3. 3. Digite os dados do destinatário

    Em seguida, informe os dados dos destinatários. Escolha o tipo de chave usada e digite a informação referente.

  4. 4. Informe o valor do envio

    O próximo passo é digitar quanto você vai enviar. Um dos benefícios do RecargaPay é que ele não tem um mínimo para enviar com o cartão, você pode enviar qualquer valor, como R$0,01, por exemplo.

  5. 5. Escolha o cartão como método de envio e confirme

    Em seguida, você deverá escolher como quer pagar: se pelo saldo ou cartão. Se não houver um cartão registrado no app, toque em “Adicionar novo cartão” e registre.

    Para finalizar, escolha o número de parcelas e confirme.

Pronto! Você conseguiu transformar o saldo do seu cartão de crédito em um Pix. Se ficou com dúvidas, o vídeo abaixo vai explicar todos os detalhes mais profundamente:

Vale lembrar que, em breve, o BC pretende lançar uma opção para parcelar envios oficialmente. O Pix Garantido mudará a forma como fazemos pagamentos pelo sistema, mas ainda não tem data para ser lançado.

Uma das razões da demora para o lançamento da tecnologia foi a recente paralização dos técnicos do Banco Central. A greve no BC atrasa inovações no Pix, que seguem sem previsão de oficialização.

Quando usar o cartão para pagar com Pix?

Assim como em qualquer outra maneira, existem algumas desvantagens e vantagens do Pix com cartão de crédito. A seguir, listaremos algumas das situações em que vale a pena usar essa forma de pagamento!

  • Quando não se tem dinheiro na conta: se você não tiver saldo na conta, mas precisa fazer uma transferência ou compra, o cartão de crédito pode ajudar.
  • Se você quiser parcelar o envio: muitas vezes, vamos fazer envios de grandes quantidades de dinheiro e vale a pena poder parcelar a transferência
  • Quando o desconto à vista é maior do que a taxa: é comum que lojas ofereçam descontos ao comprar algo à vista. Se o desconto for maior do que a taxa da operação, vale a pena usar o cartão de crédito e parcelar por ele.
  • Se você negociar débitos: se você tiver alguma dívida, pode negociar pagamentos à vista pelo Pix com cartão, pois você pagará parcelado, mas a pessoa receberá á vista.
  • Quando você tem sistema de milhas e pontos: caso seu sistema de milhas ou pontos dê maiores bônus do que a taxa da operação, vale a pena fazer um Pix com cartão para crescer sua pontuação.

2) Utilizando as chaves Pix

Pagar com Pix utilizando as chaves

A forma mais comum de pagar com Pix é através do uso das chaves de identificação do sistema. Esse é o mecanismo básico criado pelo Banco Central e que mais movimenta recursos atualmente.

Basta considerar, por exemplo, que o número de chaves Pix cadastradas é mais do que o dobro da população, segundo mostra o BC. Isso prova como essa forma é popular.

Outro fator interessante é que, atualmente, o Pix bate recorde e supera 100 milhões de transações em um dia, a maior parte delas feitas com chaves.

Uma das razões que explica a popularidade dessa forma de pagar com Pix é que é muito rápido e fácil saber como cadastrar chave Pix. Todas as instituições bancárias que trabalham com o sistema do Banco Central contam com um processo simples para que o usuário faça o registro.

Ao todo, cada usuário pode ter até 5 identificadores registrados em cada conta em uma instituição ligada ao sistema do Banco Central. Além disso, esses identificadores não podem se repetir. Já Pessoas Jurídicas podem ter até 20 chaves por conta.

Veja a seguir como pagar com Pix utilizando chaves:

  • Baixe o RecargaPay
  • Toque em “Fazer Pix”
  • Insira a chave do destinatário
  • Digite o valor da transferência
  • Escolha pagar com saldo na conta
  • Confirme a operação.

Veja o vídeo a seguir se ainda tiver dúvidas sobre o processo:

Quando usar as chaves para pagar com Pix?

Existem algumas situações em que é mais fácil e prático pagar uma transferência usando a chave do destinatário. Veja abaixo algumas:

  • Quando você já tem a chave: se você já souber o e-mail, CPF ou telefone do destinatário, pode usar o identificador para fazer a transferência
  • Para comprar ou pagar desconhecidos: se você não conhece a pessoa, usar uma chave aleatória garante mais privacidade e revela menos dos seus dados.
  • Quando não sobram opções: se você não tem cartão e não vai utilizar as outras formas que mostraremos a seguir, o uso das chaves é a maneira mais básica de pagar com Pix.

3) Utilizando o Pix QR Code

Pagar com Pix utilizando QR Code

Se você já comprou algo em uma loja ou site e escolheu pagar com Pix, provavelmente já viu essa forma. Afinal, ela é a mais usada quando a interação é entre uma Pessoa Física e uma empresa.

O uso do QR Code Pix é a maneira mais simples e prática para um consumidor fazer um pagamento para uma empresa. Isso porque, ao ler o código, todas as informações da transferência são carregadas automaticamente: valor, destinatário e mais.

Além disso, vale lembrar que essa é a única forma de pagar boleto pelo Pix. No entanto, não são todos os boletos e nem todas as empresas (como de água, luz ou Internet) que trazem o QR Code nas suas contas. Por isso, nem todo boleto pode ser pago dessa forma.

Outro ponto interessante é que usuários comuns também podem criar um QR Code para receber de outras pessoas. Funciona exatamente da mesma forma: o pagador lê o código e a transferência é configurada automaticamente.

Para pagar com Pix usando o QR Code, você deve seguir os passos:

  • Baixe o RecargaPay
  • Toque em “Pagar com QR Code”
  • Leia o QR Code do boleto ou da pessoa
  • Confira todos os dados com atenção
  • Escolha de onde sairá o dinheiro
  • Confirme a operação.

Sem dúvidas, esse é um processo muito simples. E, como mencionado, não há qualquer taxa ou custo atrelado, pois trata-se de um serviço oficial do Banco Central.

O vídeo a seguir dá mais detalhes do processo: 

Quando usar o QR Code para pagar com Pix?

Usar o QR Code para pagar com Pix depende mais de quem vai receber do que você. Afinal, é necessário que o código seja gerado com os valores e outras informações.

Por isso, você acabará usando nas situações a seguir:

  • Para pagar um boleto: muitas empresas já começaram a inserir um QR Code em seus boletos para permitir pagamento dessa forma.
  • Para comprar online: sites, lojas virtuais e e-commerces emitem QR Codes automaticamente para quem for pagar uma compra via Pix
  • Pagar uma transferência a um amigo que gerou QR Code: em algumas situações, como quando amigos vão dividir uma compra, como uma pizza, é normal que um gere um QR Code e mande para todos lerem e fazerem o pagamento de cada parte.

Tanto é assim que o Pix substitui boletos nas compras online à vista, aponta levantamento. Ou seja, com o uso do QR Code, o sistema já é um dos favoritos dos consumidores para comprar na Internet.

4) Utilizando o Pix Copia e Cola

Pagar com Pix usando o Copia e Cola

Por fim, a última maneira de pagar com Pix que mostraremos neste conteúdo é com o Copia e Cola. Essa forma é praticamente a mesma coisa do QR Code, mas com uma diferença: aqui, você usará o código alfanumérico que representa a imagem do QR Code.

Em alguns casos, não é possível ler um QR Code, seja por qual for o motivo. Por exemplo, a câmera do celular do usuário não está funcionando ou o documento digital está no smartphone e ele não consegue mover para outro dispositivo.

Nesse caso, o utilizador deve copiar e colar o código alfanumérico que “traduz” o QR Code (daí o nome Copia e Cola) para fazer a transação.

O processo para pagar com Pix Copia e Cola é:

  • Baixe o RecargaPay
  • Toque em “Pagar com QR Code”
  • Clicar em “Usar Pix Copia e Cola”
  • Colar o código copiado anteriormente
  • Confira todos os dados com atenção
  • Escolha de onde sairá o dinheiro
  • Confirme a operação.
COMO FAZER PAGAMENTO COM PIX – COPIA E COLA

Quando usar o Copia e Cola para pagar com Pix?

Você vai utilizar o Pix Copia e Cola sempre que não puder ler o QR Code de uma transferência. Essa é a única maneira pela qual esse sistema foi criado. Por exemplo:

  • Quando a câmera do celular não funciona: você não tem como ler o QR Code assim
  • Quando o QR Code está no smartphone: não há como ler o código digital no mesmo dispositivo.

Quais as outras funcionalidades do Pix?

Quais as outras funcionalidades do Pix?

Agora que você já viu as 4 formas de pagar com Pix, é hora de conhecer outros serviços do sistema do Banco Central para entender como aproveitá-lo ao máximo.

Um deles é o Pix Agendado. Nele, você pode agendar uma transferência pelo sistema para uma data futura. Não há cobrança de taxas e o dinheiro só sai da sua conta no dia marcado para a transferência.

Se você quer saber como fazer Pix Agendado, o processo é fácil:

  • Baixe o RecargaPay
  • Clique em “Fazer Pix”
  • Insira os dados do destinatário e o valor a transferir
  • Escolha o pagamento via Saldo na Carteira
  • No campo “Data de envio”, clique em “Alterar”
  • Escolhe a data de sua preferência
  • Confirme a operação

Outro bom exemplo é o Pix Cobrança. Trata-se de uma ferramenta que permite ao utilizador emitir uma cobrança para receber dinheiro de amigos, familiares e conhecidos.

Não há qualquer taxa para a utilização desse serviço e ele é muito fácil de ser usado. Se você quer saber como fazer Pix Cobrança, siga os passos abaixo:

  • Baixe o RecargaPay
  • Toque em “Receber com QR Code”
  • Clique em “Definir valor” para estabelecer quando o destinatário terá de pagar
  • Toque em “Compartilhar” e envie o código para quem for pagar
  • Se preferir, copie o código alfanumérico do QR Code e envie para o destinatário pagar com Copia e Cola
PIX, NOVAS FUNÇÕES: CONHEÇA O PIX SAQUE E TROCO! | NÃO CAIA NA ROUBADA

Conclusão

Pronto! Como vimos, as principais 4 formas de pagar com Pix são com cartão de crédito, com chave, com QR Code ou Copia e Cola. Cada uma deve ser usada em um momento ou situação.

Nossa recomendação é que você tenha sempre todas as maneiras disponíveis para usar quando for possível. Ou seja, crie muitas contas em diversas instituições para ter mais opções quando precisar.

No entanto, tenha atenção que alguns serviços possuem cobranças diferentes em cada app e, por isso, você pode acabar pagando mais do que gostaria se fizer a escolha errada.